Knowledge Base

The VMware Knowledge Base provides support solutions, error messages and troubleshooting guides
 
Search the VMware Knowledge Base (KB)   View by Article ID
 

Compatibilidade vMotion CPU -Migrações impedidas devido à falta de compatibilidade da CPU - Como substituir máscaras (2016934)

Purpose

Este artigo fornece informações sobre a substituição das restrições de compatibilidade da vMotion CPU entre hosts ESX geridos pelo VirtualCenter 2.x ou vCenter Server 4.x. Para obter informações sobre a substituição das restrições de compatibilidade da vMotion CPU entre hosts ESX geridos pelo VirtualCenter 1.x, consulte vMotion CPU Compatibility - Migrations Prevented Due to CPU Mismatch - How to Override Masks for VirtualCenter 1.x (1011354).

Aviso: A menos que seja indicado o contrário, a VMware não suporta nem recomenda que sejam modificadas as restrições dos recursos da CPU usados por aplicações, como SSE3, devido ao risco de falha da aplicação ou do sistema operacional após migração. Suporte experimental encontra-se disponível para algumas máscaras em ESX 3.5 e versões mais recentes, conforme nota. Para obter mais informações sobre suporte experimental, consulte http://www.vmware.com/support/policies/experimental.html.

A VMware recomenda usar o Enhanced vMotion Compatibility (EVC) para eliminar diversos problemas de compatibilidade da vMotion CPU. Para obter mais informações sobre a EVC, consulte Enhanced vMotion Compatibility (EVC) processor support (1003212).

Resolution

Se você tiver CPUs Intel 45nm Core 2 recentes e foi direcionado para este artigo por uma mensagem no VirtualCenter ou vCenter Server, consultevMotion errors between different Intel 45nm Core 2 revisions (1008315).

No ESX/ESXi 3.5 Update 2 e versões mais recentes, a VMware recomenda usar Enhanced vMotion Compatibility (EVC) para eliminar diversos problemas de compatibilidade da vMotion CPU. Para obter mais informações sobre a EVC, consulte Enhanced vMotion Compatibility (EVC) processor support (1003212).

Por padrão, o VirtualCenter e o vCenter Server permitem migrações com o vMotion apenas entre CPUs de fonte e de destino que sejam compatíveis. Este artigo fornece informações sobre quando é apropriado substituir restrições de compatibilidade da CPU, como substituí-las, fornecendo também links para informações e recursos adicionais. Dentre os tópicos, encontram-se:

Informações

Para fins do vMotion, CPUs compatíveis significam que as CPUs fonte e alvo devem ter o mesmo fabricante (AMD ou Intel) e serem membros da mesma família básica de processadores (por exemplo, Pentium 4 ou Core) e ter o mesmo conjunto de funções implementadas.

Para determinar se as CPUs fonte e alvo atendem aos requisitos da vMotion, o VirtualCenter e o vCenter Server comparam a CPU alvo a uma definição de máscara de bit padrão para excluir funções sem importância a partir da comparação. À medida que novas funções são introduzidas pelos fornecedores de processador, as máscaras de bit usadas pelo VirtualCenter e vCenter Server são atualizadas. Por exemplo, no ESX Server 2.x, a função NX (AMD) ou XD (Intel) não é usada para computar a compatibilidade do vMotion, o que, no entanto, ocorre no ESX 3.x.

Para desabilitar a verificação de compatibilidade da CPU da vMotion para um recurso específico, você pode modificar a máscara de bit padrão. O processo de modificação da máscara de bit às vezes é mencionado em alguns documentos da VMware como um processo que "relaxa" uma determinada restrição.

Uma discussão completa sobre os componentes básicos e sobre como os sistemas do host do Virtual Center Server e ESX Server os administram está além do escopo deste artigo. Para obter mais informações, consulte CPU Compatibility Masks em Basic System Administration. Outro recurso útil é o trabalho técnico VMware vMotion and CPU Compatibility.

Para obter mais informações sobre CPUs Intel e AMD e sobre compatibilidade vMotion, consulte:

Para fins de praticidade, modificações da máscara de bit padrão para compatibilidade da CPU para vMotion são também mencionadas simplesmente como máscaras, normalmente identificadas pela função da CPU - por exemplo, a máscara SSE3 neste artigo e em artigos relacionados KB 1991 e 1992.

Muitas máscaras não são suportadas. Suporte experimental encontra-se disponível para algumas máscaras em ESX 3.5 e versões mais recentes. Os termos de suporte para máscaras estão resumidos na tabela abaixo.
 
 
Máscara
ESX 2.x
ESX 3.x
ESX 4.x
CMPXCHG16B (AMD)
Não suportados
Versões anteriores a ESX 3.5 não suportados. Suportado experimentalmente em ESX 3.5 e versões mais recentes.
Suportado experimentalmente
FFXSR (AMD)
Não suportados
Não suportados
Não suportados
NX (AMD)
Suportado
Suportado
Suportado
RDTSCP (AMD)
Não suportados
Versões anteriores a ESX 3.5 não suportados. Suportado experimentalmente em ESX 3.5 e versões mais recentes.
Suportado experimentalmente
SSE3 (AMD)
Não suportados
Versões anteriores a ESX 3.5 não suportados. Suportado experimentalmente em ESX 3.5 e versões mais recentes.
Suportado experimentalmente
SSE3 (Intel)
Não suportados
Não suportados
Não suportados
SSE4.1 (Intel)
Não suportados
Versões anteriores a ESX 3.5 não suportados. Suportado experimentalmente em ESX 3.5 e versões mais recentes.
Suportado experimentalmente
SSE4.2 (Intel)
Não suportados
Versões anteriores a ESX 3.5 não suportados. Suportado experimentalmente em ESX 3.5 e versões mais recentes.
Suportado experimentalmente
XD (Intel)
Suportado
Suportado
Suportado
AES (Intel)
|Não suportados
Versões anteriores a ESX 3.5 não suportados. Suportado experimentalmente em ESX 3.5 e versões mais recentes.
Suportado experimentalmente

Escopo de modificações

Há duas formas de modificar as máscaras de bit padrão da CPU, dependendo da versão do ESX/ESXi e das necessidades individuais.

  • Com qualquer versão de ESX/ESXi ou ESX: Você pode modificar a máscara de bit padrão no nível do VirtualCenter ou vCenter Server por fabricante de processador, por número de versão e por outros critérios. Este método não é suportado, sendo que as aplicações que tentam usar os recursos mascarados podem sofrer panes durante a migração com o vMotion.
  • ESX/ESXi 3.x e versões mais recentes: Você pode modificar as máscaras de bit por máquina virtual usando o VI Client ou o vSphere Client. Você deve desligar a máquina virtual antes de fazer estas modificações devido ao risco de instabilidade na aplicação ou no sistema operacional do convidado. Os termos de suporte para este método encontram-se listados emvMotion CPU Compatibility Requirements for Intel Processors (1991) (para processadores Intel) e vMotion CPU Compatibility Requirements for AMD Processors (1992) (para processadores AMD).

Ferramentas de identificação da CPU

Para obter mais informações sobre a CPU do sistema host, utilize o Utilitário de Identificação da CPU. A VMware fornece este Utilitário em arquivo de imagem ISO que pode ser descomprimido e usado para criar um CD-ROM inicializável que fornece informações da CPU sobre um host, mesmo antes da instalação de um sistema operacional ou ESX. A versão mais recente desta ferramenta pode ser encontrada na página de downloads da VMware em: http://vmware.com/download/shared_utilities.html.

Máscara por máquina virtual com ESX/ESXi 3.x e versões mais recentes

No Virtual Center 2.x e vCenter Server 4.x, você pode modificar a máscara de bit padrão para máquinas virtuais individuais usando o VI Client ou o vSphere Client. Desligue a máquina virtual antes de modificar sua máscara de bit.

Para modificar a máscara de bit padrão para uma máquina virtual:

  1. Inicie o VI Client ou o vSphere Client e conecte-se ao VirtualCenter ou vCenter como administrador.
  2. Selecione a máquina virtual que você deseja migrar no inventário.
  3. Clique emEdit Settings (Editar configurações) na aba Summary (Resumo). A janela Properties (Propriedades) da máquina virtual é exibida.
  4. Clique na aba Options (Opções) na janela Properties (Propriedades).
  5. Selecione a opção CPUID Mask (Máscara CPUID) para exibir as informações e configurações da CPU Identification Mask (Máscara de Identificação da CPU).
  6. Clique em Advanced (Avançado) para exibir diversas caixas de configurações, incluindo a Máscara de Identificação da CPU, no painel à direita.

A partir daí, a máscara pode ser modificada apropriadamente para a máquina virtual selecionada, dependendo do que precisa ser mascarado. As seções a seguir incluem as etapas de modificação de máscaras para diversos registros comuns de CPU.

Modificar a máscara padrão NX/XD

Problemas com os recursos NX/XD das CPUs são comuns. Verifique se o recurso está habilitado (ou desabilitado) no BIOS de todos os hosts para evitar estas mensagens de erro de compatibilidade.

Observação: Nem todos os servidores têm a opção de desabilitar ou habilitar o NX ou o XD no BIOS.

Se for encontrado um problema de compatibilidade de recurso da CPU com o bit NX/XD, um erro semelhante a este será gerado:

The CPU of the host is incompatible with the cpu feature requirements of virtual machine; problem detected at CPUID level 0x80000001 register 'edx' (A CPU do host é incompatível com os requisitos de recurso da cpu da máquina virtual; problema detectado no nível da CPUID, 0x80000001 registro 'edx').

Desligue a máquina virtual antes de modificar a máscara NX/XD.

Para modificar a máscara e habilitar ou desabilitar o bit CPU NX/XD:

  1. Navegue até a opção CPUID Mask (Máscara CPUID) na máquina virtual (ver etapas acima, se necessário).
  2. Selecionar Hide the NX flag from guest (Ocultar o sinalizador NX do convidado) para desabilitar a verificação de compatibilidade da CPU para a máquina virtual selecionada ou Expose the NX flag to guest (Exibir o sinalizador NX do convidado) para habilitar esta verificação de compatibilidade da CPU para a máquina virtual selecionada.
  3. Clique em OK para salvar a alteração.

Modificar a máscara padrão para CPUs Intel

Máscaras para diversos outros recursos podem ser modificadas a fim de oferecer maior compatibilidade para o vMotion. Termos de suporte para estes recursos encontram-se listados em vMotion CPU Compatibility Requirements for Intel Processors (1991). Em geral, a VMware não suporta nem recomenda que sejam modificadas as restrições dos recursos da CPU usados por aplicações, como SSE3, devido ao risco de falha da aplicação ou do sistema operacional após migração.

Desligue a máquina virtual antes de modificar sua máscara de bit.

Para modificar outras máscaras da CPU:

  1. Navegue até Options tab (aba Opção) da máquina virtual (ver etapas acima, se necessário).
  2. Clique em Advanced (Avançado) para abrir a caixa de diálogo da CPU Identification Mask (Máscara de Identificação da CPU).

    Observação: A caixa de diálogo da Máscara de Identificação da CPU tem duas abas — Virtual Machine Default (Máquina virtual padrão) e AMD Override (Substituir AMD). A maioria das modificações pra os recursos da CPU Intel é feita na aba Virtual Machine Default (Máquina virtual padrão). As modificações dos recursos da CPU AMD são feitas na tabela AMD Overrides (Substituir AMD) e são discutidas na próxima seção deste artigo.
  3. Clique na aba Virtual Machine Default (Máquina virtual padrão) para ativar a caixa de diálogo, se necessário.
Para modificar a máscara para um recurso específico, entre com a série de traços e 0s conforme mostra a tabela:
 
Recurso
Nível
Linha
Máscara
SSE3
1
ecx
---- ---- ---- ---- ---- ---- ---0 -0-0
SSSE3
1
ecx
---- ---- ---- -0-- ---- --0- ---0 -0--
1
edx
---- ---- ---- --0- ---- ---- ---- ----
SSE4.1
1
ecx
---- ---- ---- 0--- ---- ---- ---- ----
SSE4.2
1
ecx
---- ---- 0--0 ---- ---- ---- ---- ----
80000001
edx
---- 0--- ---- ---- ---- ---- ---- ----
AES
a
ecx
---- --0- ---- ---- ---- ---- ---- --0-
 

Quando todas as modificações estiverem completas, clique em OK e saia da caixa de diálogo da CPU Identification Mask (Máscara de Identificação da CPU).

Modificar máscaras para CPUs AMD

Recursos que são específicos para processadores AMD estão listados e podem ser mudados na aba AMD Override (Substituir AMD). Os termos de suporte para estas máscaras de recurso estão listados em vMotion CPU Compatibility Requirements for AMD Processors (1992). Em geral, a VMware não suporta nem recomenda que sejam modificadas as restrições dos recursos da CPU usados por aplicações, como SSE3, devido ao risco de falha da aplicação ou do sistema operacional após migração.

Desligue a máquina virtual antes de modificar sua máscara de bit.

Para modificar outras máscaras de CPU para Processadores AMD:

  1. Navegue até Options tab (aba Opção) da máquina virtual (ver etapas acima, se necessário).
  2. Clique em Advanced (Avançado) para abrir a caixa de diálogo de propriedades da CPU Identification Mask (Máscara de Identificação da CPU).
  3. Clique na tabela AMD Override (Substituir AMD) para ativar a caixa de diálogo A página AMD Override (Substituir AMD) é exibida.

Para modificar as máscaras para um recurso específico, entre com a série de traços e 0s conforme mostra a tabela abaixo.

Recurso
Nível
Linha
Máscara
SSE3
1
ecx
---- ---- ---- ---- ---- ---- ---- ---0
RDTSCP
80000001
edx
---- 0--- ---- ---- ---- ---- ---- ----
80000001
ecx
---- ---- ---- ---- ---- ---- ---- 0---
CMPXCH16B
1
ecx
---- ---- ---- ---- --0- ---- ---- ----
FFXSR
80000001
edx
---- --0- ---- ---- ---- ---- ---- ----
 
Quando todas as modificações estiverem concluídas, clique em OK e saia da caixa de diálogo da CPU Identification Mask (Máscara de Identificação da CPU).
Combinar modificações de máscara
Você pode combinar modificações na máscara de bit padrão a fim de permitir a migração com o vMotion entre grupos que sejam incompatíveis com base em mais de um recurso da CPU. Por exemplo, para filtrar a verificação de compatibilidade, tanto para SSE3 como para SSSE3, combine o seguinte:

---- ---- ---- ---- ---- ---- ---0 -0-0

e:

---- ---- ---- -0-- ---- --0- ---0 -0--

para produzir:

---- ---- ---- -0-- ---- --0- ---0 -0-0

para a máscara de registro ecx.

 

Mascaramento global com ESX Server 2.x e versões mais recentes

Para hosts ESX/ESXi geridos pelo VirtualCenter ou vCenter Server, você pode modificar a máscara de bit globalmente editando o arquivo de configuração do VirtualCenter ou vCenter Server (vpxd.cfg ). O arquivo de configuração, vpxd.cfg, contém tags XML definindo vários elementos e configurações para o sistema do VirtualCenter Server ou vCenter Server. Máscaras de bit podem ser modificadas com o acréscimo de tags XML apropriadas para definir a máscara no contexto de uma opção de configuração do sistema operacional convidado do arquivo de configuração.

As mudanças na máscara de bit global só têm efeito em máquinas virtuais individuais depois que elas forem desligadas e ligadas novamente.

Observação: O arquivo vpxd.cfg é localizado, por padrão,em C:\Documents and Settings\All Users\Application Data\VMware\VMware VirtualCenter


Embora uma discussão detalhada sobre a construção destes elementos esteja além do escopo deste artigo, a seção About the Tags (Sobre as tags) fornece uma breve visão geral. Consulte as seções a seguir para ver as etapas específicas relacionadas a Editing the Configuration File (Editar o arquivo de configuração) e tags XML para Common Mask Patterns (Padrões comuns de máscara) como, SSE3, SSSE3, e SSE3 e SSSE3 combinados.

Aviso: A VMware não suporta nem recomenda que sejam modificadas as restrições dos recursos da CPU usados por aplicações, como SSE3, devido ao risco de falha da aplicação ou do sistema operacional após migração.

Sobre as tags

As tags identificam o registro ao qual as máscaras se aplicam e para quais hosts e quais versões a máscara se aplica. As tags são descendentes diretas da tag <vpxd> , no arquivovpxd.cfg . As tags são listadas na ordem em que devem ser aninhadas:
 
  • <guestOSDescriptor> Descendente direta (filha) tag do elemento <vpxd> . O vpxd.cfg pode conter um único elementoguestOSDescriptor.
  • <host-product-and-version> — Entre as tags de abertura e fechamento <guestOSDescriptor> você pode aninhar tags host-produto-e-versão-que especificam a versão e o host para os quais as máscaras que você definir se aplicam. As tags <host-product-and-version> podem, geralmente, ser especificadas, como em<esx-2-x-x> para um host ESX Server 2.x, <esx-3-x-x> para um host ESX/ESXi 3.x ou podem ser especificadas precisamente, como em <esx-3-5-0> . Por exemplo, a tag <esx-2-5-x> identifica vários níveis de liberação de manutenção do Servidor ESX ao qual a máscara aninhada subsequentemente se aplica.
  • <virtual-machine-configuration-hardware-version> — Permite que a configuração seja restrita por versão de hardware de máquina virtual. Por exemplo, <all-versions> , <vmx-03> ou <vmx-04> . No exemplo abaixo <all-versions> é especificado, o que significa que as máscaras se aplicam a todas as versões de hardware de máquina virtual.
  • <virtual-machine guest version> — Permite que uma versão de convidado seja especificada. Por exemplo, <all-guests> , <winXPPro64Guest> , <winVistaGuest> , e assim por diante. Nos exemplos apresentados abaixo, <all-guests> é especificado e, portanto, a máscara se aplica a todas as versões de convidado.
  • <cpuFeatureMask> — Esta tag antecede a máscara real. A máscara é, então, definida para <default-vendor> , <amd> ou <intel> , dependendo do que você precisa. Os elementos de tag que são usados para definir a máscara, identificam a máscara da CPU. Os detalhes do elemento incluem fornecedor, nível da CPU ID e o registro da CPU. As escolhas válidas para estes detalhes são:

Fornecedor da CPU
<default-vendor>, <amd>, <intel>
Nível da CPU ID
<level-0>, <level-1>, <level-80000000>, <level-80000001>
Registro da CPU
<eax>, <ebx>, <ecx>, <edx>

As tags devem ser inseridas na ordem mostrada na tabela. Uma tag de fornecedor de CPU é seguida por uma tag de nível de CPU ID, acompanhada por uma tag de registro da CPU. Imediatamente após a tag de registro da CPU está a sequência de 32 traços e x-s que representam a máscara de registro de 32 bits real, apropriada para o recurso sendo modificado. A máscara é, então, seguida do registro da CPU, nível da CPU ID e tags de fechamento do fornecedor da CPU.

Observação: Uma máscara definida usando tag <default-vendor> é usada pelo sistema apenas quando nenhuma máscara com fornecedor específico tiver sido especificada para o mesmo nível de CPU ID.

· Quando você tiver terminado de definir as máscaras, feche </guestOSDescriptor> .

Segue abaixo um exemplo da ordem da tag, mostrando o contexto do arquivo vpxd.cfg . As tags de abertura e fechamento <config> e<vpxd> já estão no arquivovpxd.cfg . A tag de abertura <guestOSDescriptor> pode ser substituída diretamente depois da tag de abertura<vpxd> ; insira as tags apropriadas para atender suas necessidades, acompanhada pela tag de fechamento</guestOSDescriptor> .

<config>
<vpxd>
<guestOSDescriptor>
<esx-2-x-x>
<all-versions>
<all-guests>
<cpuFeatureMask>
[A definição dos elementos e máscaras vem aqui. Padrões comuns de máscara podem ser copiados e colados a partir dos padrões exemplificados abaixo.]
</cpuFeatureMask>
</all-guests>
</all-versions>
</esx-2-x-x>
</guestOSDescriptor>
...

</vpxd>

</config>

Neste exemplo, toda máscara inserida na seção [Elements and mask...] do marcador de posição se aplica a todos os hosts ESX Server 2.x sendo geridos pelo VirtualCenter Server e a todos os sistemas operacionais convidados.

Editar o arquivo de configuração do VirtualCenter

Para editar o arquivo de Configuração do VirtualCenter:

  1. Navegue até o local do arquivo vpxd.cfg . Por padrão, o arquivo vpxd.cfg localiza-se no diretório C:\Documents and Settings\All Users\Application Data\VMware\VMware VirtualCenter .
  2. Use um editor de texto (como o WordPad) para abrir o arquivovpxd.cfg . O arquivo vpxd.cfg é um arquivo de texto formatado em XML que contém várias configurações opcionais para o sistema do VirtualCenter Server ou vCenter Server.
  3. Acrescentar tags de abertura e fechamento para identificar os hosts,versões e outras especificações às quais a máscara se aplica.
  4. Copiar e colar a partir dos exemplos nos Padrões Comuns de Máscaras ou aplicar outras máscaras, conforme a necessidade de sua aplicação.
  5. Quando as mudanças apropriadas forem concluídas, reiniciar o serviço do VirtualCenter Server Service da VMware para habilitar o novo mascaramento.

Padrões comuns de máscara

Abaixo seguem exemplos de máscaras para diversas máscaras comuns de recursos da CPU. Copiá-las, colá-las e modificá-las, conforme necessário para o ambiente. A VMware não suporta nem recomenda o uso das máscaras mostradas abaixo devido ao risco de falha da aplicação ou do sistema operacional do convidado após migração.

SSE3

<cpuFeatureMask>
<default-vendor>
<level-1>
<ecx>----:----:----:----:----:----:---x:-x-x</ecx>
</level-1>
</default-vendor>
<amd>
<level-1>
<ecx>----:----:----:----:----:----:----:---x</ecx>
</level-1>
</amd>
</cpuFeatureMask>

SSSE3

<cpuFeatureMask>
<default-vendor>
<level-1>
<ecx>----:----:----:-x--:----:--x-:---x:-x--</ecx>
<edx>----:----:----:--x-:----:----:----:----</edx>
</level-1>
</default-vendor>
</cpuFeatureMask>

SSE3 e SSSE3 combinados

<cpuFeatureMask>
<default-vendor>
<level-1>
<ecx>----:----:----:-x--:----:--x-:---x:-x-x</ecx>
<edx>----:----:----:--x-:----:----:----:----</edx>
</level-1>
</default-vendor>
<amd>
<level-1>
<ecx>----:----:----:----:----:----:----:---x</ecx>
</level-1>
</amd>
</cpuFeatureMask>

Reverter para a máscara padrão de bit de compatibilidade da CPU

Voltar para as restrições padrão de compatibilidade do vMotion revertendo todas as alterações feitas à máscara padrão. Isto pode ser feito seguindo as etapas apropriadas para o tipo de mascaramento que havia sido aplicado:

  • Ao usar máscaras por máquina virtual, restabeleça todas as linhas alteradas aos padrões clicando em Reset All to Default (Redefinir tudo para o padrão) na caixa de diálogo da CPU Identification Mask (Máscara de Identificação da CPU).
  • Ao usar máscaras globais: Remova todas as tags acrescentadas inseridas no arquivo vpxd.cfg e reinicie o serviço VirtualCenter.



 
 

See Also

Request a Product Feature

To request a new product feature or to provide feedback on a VMware product, please visit the Request a Product Feature page.

Feedback

  • 0 Ratings

Did this article help you?
This article resolved my issue.
This article did not resolve my issue.
This article helped but additional information was required to resolve my issue.
What can we do to improve this information? (4000 or fewer characters)
  • 0 Ratings
Actions
KB: